Case de sucesso: A utilização dos drones na cana-de-açúcar

Tempo de leitura: 4 minutos

Os Drones estão longe de ser mais um modismo, esta técnica veio pra ficar e os setores que souberem aproveitar ao máximo os seus benefícios poderão driblar a crise e através da tecnologia alavancar os seus negócios, este é o caso do setor sucroalcooleiro.

 

O setor sucroalcooleiro enfrenta uma das maiores crises da história. Endividamento, perda da competitividade diante da gasolina e até problemas climáticos afetaram os usineiros e talvez a utilização dos drones na cana-de-açúcar seja uma saída para esta crise.

 

A medida mais comum em tempo de crises é o corte de pessoal, redução de margens de vendas, corte nos investimentos, renegociação dos contratos de serviços essenciais e cancelamento de outros serviços. Se a crise se prolongar, fechamento de filiais e fábricas poderá ser a saída.

 

Empresas com este perfil admitem enfrentar as crises econômicas com baixos crescimentos nos negócios. A justificativa, que protege os executivos, é que eles estão seguindo a cartilha da crise. Poucos são os executivos que aceitam assumir riscos para introduzir novos produtos e serviços para explorar novos mercados.

 

Porém, existe um caminho mais eficiente para enfrentar uma crise, este caminho é a Inovação Tecnológica, em todos os setores o avanço tecnológico tem sido a peça chave para as empresas se manterem competitivas no mercado. Através da tecnologia é possível aumentar a eficiência diminuindo os custos.

 DRONE_1

O ano de 2015 será um ano desafiador para este setor, que pretende investir na eficiência do seu plantio evitando desperdícios e diminuindo custos, uma das principais medidas é o investimento em automação com tecnologias como o GPS, através de máquinas movidas a GPS é possível realizar o plantio e colheita automatizada, com isso as usinas diminui o tempo de plantação e aumentam a precisão e eficiência do seu plantio.

 

Ao investir em colheitadeiras automatizadas via GPS, as usinas encontraram um problema, “Como realizar a colheita automatizada nas áreas que foram plantadas de forma manual?”, para realizar operações automatizadas é necessário que se planeje em escritório as rotas que as máquinas deverão seguir, este processo geralmente é realizado em softwares do tipo CAD e exportados para as máquinas em campo.

 

Ao realizar o plantio automatizado, a usina tem em mãos o arquivo com as linhas de plantação projetadas em escritório e as linhas executadas pela máquina, de posse destas linhas é possível planejar a colheita automatizada tendo em vista que as rotas das linhas já estão definidas e quando o plantio não foi realizado de forma automatizada, como obter estas linhas?

 

Uma das saídas mais eficientes é a utilização dos VANTs (Veículos Aéreos Não Tripulados) popularmente conhecidos como Drones, estas aeronaves autônomas são capazes de mapear grandes porções de terras de forma autônoma apresentando detalhes de até 2 cm em solo, ou seja, um objeto de 2 cm em solo aparece no imageamento aéreo.

 drones na cana-de-açucar

De posse das imagens aéreas da lavoura são empregados algoritmos computacionais que realizam o mapeamento destas linhas com alta precisão, além deste produto é possível obter o levantamento de falhas do plantio e o mapa de cobertura vegetal, que consiste em uma classificação da área e geração de índices de eficiência do plantio, também é possível gerar um mapa da saúde da vegetação, onde são exibidas as áreas que não estão saudáveis da plantação facilitando o tratamento de forma localizada.

 

Além de todos os benefícios que os Drones podem proporcionar a agricultura nacional, esta é uma tecnologia limpa e ambientalmente correta, por serem movidas a energia elétrica as aeronaves não poluem o meio ambiente e ainda diminui o uso de máquinas em campo evitando a poluição por conta da queima de combustível.

 

Como toda tecnologia nova, a utilização  Drones na cana-de-açúcar ainda causam certa desconfiança no setor, a Droneng tem a missão de capacitar o mercado nacional para esta nova tecnologia e validar a sua utilização na agricultura de precisão, para isto constantemente iremos desenvolver cases de sucesso e cursos de capacitação.

 

Desenvolvemos um projeto piloto com uma usina com a finalidade de demonstrar a eficiência dos Drones, este projeto resultou em um case de sucesso no qual apresentamos com exclusividade a você.

 

Nós almejamos que esta tecnologia possa alavancar ainda mais o mercado da agricultura nacional que é o principal pilar da economia brasileira, 2015 promete ser um ano difícil para o setor sucroalcooleiro e a nossa missão é ajudar este setor a superar esta crise de forma inteligente, através da tecnologia e inovação nós queremos proporcionar ao setor um crescimento sustentável em meio à crise.

Veja nosso Case de Sucesso: A utilização dos drones na cana-de-açúcar!

drone_agricultura

6 Comentários


  1. I start to studying and build my plan one year ago, tomorrow I will go to my Bannanas farm to start my first flight.
    I got the DJI inspire 1 to that experience, if that is how I expecT, we will got an profissional VANT.

    Responder

  2. Manoel, boa tarde!gostaria de saber mais informações a respeito desse projeto piloto com Drones em usinas.

    Responder

  3. Olá, Manoel!

    Gostaria de saber um pouco mais sobre os projetos pilotos. Poder ser indicada alguma fonte para consulta?

    Obrigado,

    Gilcimar

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *