Blog Colaborativo

O que esperar da DroneShow 2016?

O que esperar da DroneShow 2016?

O Droneshow atrai muitos empresários interessados em conhecer as potencialidades dos drones e incorporá-las as suas atividades. Afinal, nós somos capazes de trazer um ponto de vista totalmente novo, carregado de uma riqueza de detalhes que enche os olhos de qualquer um. Muitos são os produtos e ainda existem muitos outros a serem criados, só depende da criatividade e das demandas que surgem em conversas, em eventos como o DroneShow, por exemplo, entre empresários, clientes e profissionais dos drones.

O uso de drones em desastres ambientais

O uso de drones em desastres ambientais

Desastres ambientais não são causados, necessariamente, apenas por fenômenos naturais ou climáticos, mas por outros fatores como erros de dimensionamento em projetos de engenharia, qualidade de matéria prima, falta de monitoramento de processos ou estruturas, negligência, imperícia, inobservância de protocolos, redução de custos, entre outros. Nesta categoria podemos citar o derramamento de óleo no Golfo do México em 2010 ou, mais recentemente, o rompimento de barragens de rejeito em Itabirito e Mariana, Minas Gerais.

Experiência de quem está começando com drones

Experiência de quem está começando com drones

“Tudo começou ainda dentro da Universidade (no final de 2013) período no qual tive aulas de Geotecnologias e então fiquei sabendo o que era um drone e ali meus olhos brilharam. Busquei informação sobre o assunto, mas em sua maioria as fontes dos artigos e as empresas do ramo fora do Brasil. Concluí que o mercado brasileiro ainda tinha muita expansão pela frente e por todas as possibilidades abertas e as várias áreas de atuação que essa ferramenta poderia ter, pensei: Quero trabalhar com drones, quero ainda construir meu próprio drone!”

Saiba tudo sobre Sensoriamento Remoto e câmeras Multiespectrais!

Saiba tudo sobre Sensoriamento Remoto e câmeras Multiespectrais!

10 minutos Conforme prometido na primeira parte dessa matéria, aprofundaremos um pouco mais na abordagem do sensoriamento remoto com VANT utilizando-se câmeras multiespectrais. Desde o início do advento dos VANT como ferramenta de mapeamento e monitoramento na agricultura, os sensores multiespectrais vinham sendo utilizados principalmente em projetos de pesquisa. Devido ao alto custo desse tipo de sensor, ao desenvolvimento ainda incipiente para a aplicação em VANT e principalmente a falta de uma legislação específica para a operação comercial desse tipo de aeronave, os principais Leia mais