Qual software de processamento de imagens de drones devo usar?

Tempo de leitura: 9 minutos

Muitas pessoas nos procuram com dúvidas sobre qual software de processamento de imagens de drones utilizar. Antes de responder este questionamento, primeiro vamos entender qual a função de um software de processamento de dados e quais produtos são gerados, depois vamos direcionar quais softwares geram cada produto.

Um software de processamento de imagens aéreas é utilizado para que a partir das imagens aéreas capturadas com drones ou aviões sejam geradas uma base cartográfica do terreno de interesse. Essa base cartográfica é composta por três principais produtos: Mosaico de Ortofoto, Modelo Digital de Superfície e Modelo Digital do Terreno.

Mosaico de Ortofoto

Em um projeto de mapeamento aéreo com Drones são capturadas diversas imagens. Utilizando um software de processamento de dados, estas imagens são unificadas em uma única imagem cobrindo toda área de interesse. Esta imagem é georreferenciada, ou seja, cada pixel da imagem possui suas coordenadas conhecidas possibilitando a realização de medidas nesta imagem.

Este produto é utilizado para realizar estudos e projetos que posteriormente serão executados em solo, veja alguns exemplos:

processamento_de_imagens_de_drones

 

Modelo Digital de Superfície (MDS)

De maneira simples, este produto é a realidade virtual do terreno projetada em escritório, ou seja, é o modelo 3D do terreno. Quando processamos as imagens aéreas e geramos os produtos cartográficos, basicamente estamos atribuindo coordenadas (X,Y e Z) para cada pixel na imagem, com isso cada pixel terá uma altura que é representada pela coordenada Z, tornando possível modelar o terreno.

Quando se fala em nuvem de pontos, trata-se nada mais que os pixels com suas respectivas coordenadas. No Mosaico de Ortofoto não é possível mensurar a altura dos objetos, para isto, é necessário a utilização do MDS. Em uma ocasião, um professor de programação me explicou por meio de uma analogia que ficou muito clara pra mim, da seguinte maneira: “Imagine um lençol, agora imagine você soltar este lençol em um terreno (uma cidade, por exemplo). Ele irá modelar os prédios, casas, carros, árvores, pessoas…agora imagine que este lençol seja uma imagem”.

Ainda não ficou claro? Dê uma olhada nas imagens a seguir que irão facilitar sua compreensão:

processamento_de_imagens_de_drones

Modelo Digital do Terreno (MDT)

Este é um produto derivado do MDS, ou seja, primeiro é gerado o MDS e após um processo chamado filtragem é gerado o MDT. Este processo é realizado para filtrar os objetos acima do solo como prédios, casas, árvores, carros, pessoas, etc., após a filtragem temos apenas o terreno de fato, pois, não podemos gerar as curvas de nível por exemplo em cima de casas, prédios, etc.

O MDT é o produto utilizado para representar os dados altimétricos (coordenada Z), ele representa a declividade do terreno, a partir dele é gerado um produto bem conhecido por quem trabalha com a topografia que são as curvas de nível. Através destes produtos são realizados projetos de cálculo de volume, corte e aterro, movimentações de terras, etc.

processamento_de_imagens_de_drones

processamento_de_imagens_de_drones

Agora que você já conhece os produtos gerados por um software de processamento de dados fica mais fácil de entender qual dos softwares disponíveis no mercado é mais indicado para a sua realidade. São eles:

AGISOFT PHOTOSCAN

Este é o primeiro software do mercado para processamento de dados provenientes de Drone. Ele é um software russo que já era utilizado para modelagens 3D, o foco do software era a fotogrametria terrestre e geração de modelos tridimensionais de prédios, estátuas, monumentos, etc.

Com o crescimento acelerado do mercado dos drones os desenvolvedores adaptaram este software para processar imagens aéreas provenientes de drones, com um algoritmo de busca baseado no SIFT (Scale Invariant Feature Transform) este software é capaz de processar milhares de imagens em um tempo relativamente curto (o tempo vai ser proporcional à configuração do processador e placa de vídeo).

Para quem é indicado?

O Agisoft PhotoScan é indicado para quem está iniciando no mercado de mapeamento aéreo. Por ser bastante intuitivo o software oferece um workflow simples e muito eficiente, o destaque do software vai para o algoritmo de processamento (busca dos pontos homólogos) que consegue gerar os produtos finais mesmo com um voo deteriorado. Aqui na Droneng nós brincamos que no Agisoft você “cospe” dados e ele “cospe” resultados.

Produtos gerados?

Com o Agisoft PhotoScan é possível gerar o Mosaico de Ortofoto, Modelo Digital da Superfície e Modelo Digital do Terreno a partir do MDS (processo de filtragem), o software oferece a opção automática e manual de filtragens, se os parâmetros forem bem aplicados os resultados são ótimos.

Também é possível gerar o NDVI (Índice de Vegetação por Diferença Normalizada), esta função ainda necessita de algumas atualizações como a opção de calibração radiométrica por meio de alvos em solo, mas os resultados iniciais já são ótimos.

Estes softwares possuem um histórico de lançar atualizações constantemente, onde cada vez mais esta função será melhorada chegando ao patamar de softwares de fotogrametria, no nosso curso online de processamento de imagens com o Agisoft PhotoScan nós oferecemos uma aula exclusiva explicando os processos de filtragem.

Quanto custa?

O Agisoft PhtoScan é comercializado em duas versões a Standard Edition e a Professional Edition, para processar imagens aéreas é necessário a versão Professional Edition que custa $ 3500 (dólares), hoje este software apresenta o melhor custo e benefício do mercado.

Curso online de processamento de dados com o Agisoft PhotoScan

Nós lançamos um curso online de processamento de dados e geração de produtos cartográficos utilizando o Agisoft PhotoScan, nós disponibilizamos três projetos com diferentes níveis e dificuldade para você treinar bastante, são mais de 6 horas de aulas que você tem acesso assim que seu pagamento for confirmado. Você poder cursar quando quiser e quantas vezes quiser no conforto da sua casa e de acordo com seu horário, e mais: caso surja alguma dúvida você pode enviar dúvidas pontuais em cada aula ou enviar no fórum integrado a nossa plataforma EAD.

Saiba mais: 

processamento de imagens de drones

 

PIX4D MAPPER PRO

O Pix4d Mapper Pro é um software suíço que tem caído nas graças dos usuários, um dos principais motivos é que este software recebe diversas atualizações, novas funções são lançadas constantemente com foco na usabilidade e soluções específicas para nichos de mercados como mineração, agricultura de precisão, meio ambiente, construção civil, arqueologia, etc.

Para quem é indicado?

O Pix4d também é indicado para usuários que estão iniciando no mercado. O software conta com uma interface amigável e workflow intuitivo, um grande diferencial do pix4d são alguns recursos como filmes imersivos na nuvem de pontos e cálculos com bandas multiespectrais como o famoso NDVI, este é um software indicado pra você que quer começar em um nicho específico e que posteriormente irá migrar para outros nichos sem ter que trocar de software.

Produtos gerados?

Com o Pix4d é possível gerar o Mosaico de Ortofoto, Modelo Digital de Superfície, assim como o Agisoft PhotoScan o Pix4d oferece a opção de filtragem do MDS e geração do MDT também na versão beta, também é possível gerar o índice NDVI.

Quanto custa?

O Pix4d Mapper Pro é comercializado por $ 8.500 (dólares), porém é possível adquiri-lo em outros formatos. O aluguel por um mês da licença é $ 350 (dólares), já o aluguel por um ano está custando $ 3500 (dólares).

Curso online de processamento de dados com o Pix4d Mapper Pro

Estamos produzindo um curso online que será lançado no mês de dezembro. Assine a nossa newsletter e receba o curso em primeira mão e com o preço promocional para a primeira turma.

TRIMBLE UAS MASTER

O Trimble UAS Master é um software alemão, dentre os softwares do mercado este está posicionado na categoria profissional. A Trimble é uma das maiores empresas de geotecnologia e possui grande experiência no mercado de fotogrametria com mais de 30 anos de experiência neste setor. O UAS Master é fruto do software Inpho, o clássico software de processamento de imagens utilizado na Fotogrametria considerado o melhor software do segmento.

O grande diferencial deste software é a geração e manipulação da nuvem de pontos, até hoje nenhum software apresenta o dinamismo e a qualidade na geração e classificação da nuvem de pontos como o UAS Master.

Para quem é indicado?

O UAS Master é indicado principalmente para projetos de topografia, volumetria, corte e aterro, ou seja, projetos que envolva a manipulação dos dados altimétricos (coordenada Z). É indicado para projetos de alta precisão, pois o software oferece um excelente controle estatístico e a possibilidade de otimização dos resultados gerados. O software não é tão intuitivo quanto os outros, mas nessa versão voltada para Drones a Trimble trabalhou bastante neste aspecto em relação ao seu “pai” o Inpho.

Produtos gerados?

Com o Trimble UAS Master é possível gerar o Mosaico de Ortofoto, o Modelo Digital de Superfície e o Modelo Digital do Terreno, o diferencial deste software é a extração automática do MDT em relação ao MDS. Ele possui um algoritmo de filtragem de dados muito robusto o que coloca a passos largos em relação aos demais neste quesito, outro ponto de destaque do software é a visualização e manipulação da nuvem de pontos em modo stéreo (visualização 3D).

Quanto custa?

Toda esta eficiência e profissionalismo faz do UAS Master o software mais caro do mercado, a sua licença custa $ 15000 (dólares) e pode ser adquirida na versão leasing (aluguel) por $ 2250 (trimestral), 75% do valor investido em leasing pode ser resgatado para efetuar a compra definitiva.

Quer capacitar-se para o mercado dos drones? Conheça nossos cursos e aprenda com especialistas do mercado, já são mais de 950 alunos matriculados.

CALL_CURSOS_ONLINE

 

34 Comentários


  1. Prezados,

    Existem 2 softwares que trabalham juntos, desenvolvidos no âmbito de universidades americanas que podem ser usados de forma gratuita para pesquisa, aprendizagem e ensino (caso se queira usar para fins comerciais, tem-se que escrever para o pesquisador e ver as condições de uso).

    É bem interessante, mas é canseira para instalar. Dá pau em bibliotecas, dos drives da NVIDIA, etc, etc. Só consegui instalar metade….a outra metade ainda está dando pau. Não tenho tido muito tempo mas vou entrar de férias na semana que vem espero concluir a operação.

    Seguem 3 links:

    1) No Fligh Riot tem os tutoriais e um package para download com os 2 softwares (VisualSFM e CMVS).

    http://flightriot.com/visualsfm-cmvs-post-processing-tutorial/

    2) O site do VisualSFM

    http://ccwu.me/vsfm/

    3) O site do CMVS

    http://www.di.ens.fr/cmvs/

    Divirtam-se!

    Abs.

    Julio Bessa
    Brasília-DF

    Responder

    1. Manoel,estou curtindo bastante as suas matérias sobre vantes ou drones,você deveria escrever apostilas ou um livro.Vejo em você muita facilidade em expor o assunto sobre drones ou vantes.Trabalhei com alguns cartógrafos nos idos de 70 e 80 e seu linguajar é bastante fácil de entender.Atuei uns quatro anos em apoio de campo,utilizando fotos áreas 23cmx23cm na escala 1/25000 para restituir normalmente na escala 1/5000.Tão logo tenha condições de tempo e financeiro farei um curso online com você.Parabéns e continue com ensinamentos sobre drones e vantes.

      Responder

    2. Recentemente fui apresentado ao ContextCapture da Bentley, promete entregar resultados com algorítimo superior ao PIX4D e preço igual ao do Photoscan.

      Alguém já testou este software?

      Responder

  2. Boa noite

    Muito interessante o artigo. Eu realmente estava pensando há algum tempo em algo assim, que pudesse me orientar com relação aos softwares disponíveis e seus produtos. Gostaria que esse artigo fosse ampliado, para os produtos voltados à agricultura de precisão, por exemplo, qual o melhor software para contagem de plantas, animais e qual é melhor para detecção de pragas e invasoras… com relação aos sensores (NIR, TIR e GRB).
    Obrigado pelos esclarecimentos e um forte abraço.

    Responder

    1. Fala Flávio, tudo bem?

      Obrigado pelos elogios e feedbacks, estão todos anotados em um momento oportuno iremos abordar este temas,

      Obrigado pela participação, volte sempre!

      Forte abraço!

      Responder

  3. Olá. Poderaia me informar qual seriam os outros softwares para gerar o MDT considerando que o uso do Argisoft? Obrigado

    Responder

    1. Olá José, tudo bem?

      A Agisoft na sua última atualização do software desenvolveu esta função, a pix4d também tem uma versão beta voltada para a geração de MDT e o UAS Master da Trimble tem uma solução completa e muito eficiente para este fim.

      Obrigado pelo contato,

      Forte abraço!

      Responder

  4. Caro Manoel, gostaria de saber sua opinião a respeito do software que acompanha o Ebee. O Terra 3D. Ele não é comercializado separadamente, portanto não há opiniões independentes na net!

    Responder

    1. Olá Conrado, tudo bem?

      Não tenho experiência com este software, pesquisa na internet de preferência em literaturas em inglês.

      Forte abraço!

      Responder

  5. Muito bom conteúdo. Surgiram algumas dúvidas, por exemplo, esses softwares são apenas para gerar superfícies tridimensionais após a captação das imagens feitas pelo drone. Mas como realizar íamos essa captura a fim de obtermos resultados bem precisos? Digo isso pois, surgiu dúvidas referentes a como essas fotos deveriam ser tiradas pelos drones, ângulo, posição, essas questões creio eu que são relevantes. Existe alguma associacao prévia desses softwares em relação ao plano de vôo do drone? Ou neste caso já seria um outro tipo de software? Conto com sua ajuda.

    Responder

  6. Bom dia Sr. Manoel Silva Neto.
    Estou interessado em adquirir um VANT, para trabalhar nas áreas de mineração, agricultura e empreendimentos imobiliários. Qual o soft que você poderia me indicar?
    Desde já agradeço.
    Att,
    Isael Souza Costa
    Prospec Sondagem Geotécnica.

    Responder

  7. Boa noite Manoel Silva Neto. Sou aluno de Engenharia Aeroespacial da UnB, e estou fazendo parte de um projeto na universidade no qual devemos fazer um mapeamento de possíveis focos do mosquito Aedes aegypti. Gostaria de saber se com a fotogrametria seria possível localizar focos como: Pneus, garrafas etc… E se é possível programar a câmera para efetuar disparos autonomamente. Desde já agradeço e me desculpo pelo incomodo. Um forte abraço.

    Responder

    1. Olá Diogo,

      Sim é possível verificar, é possível gerar imagens com detalhamentos de 2 cm em solo, sobre a câmera para fazer fotogrametria e posteriormente gerar mapas georreferenciados é necessário que a câmera dispare automaticamente sim.

      Forte abraço!

      Responder

  8. Ola , boa tarde.

    Muito boa a explicação. Uma colaboração, se me permite. No Agisoft Photoscan existe a possibilidade de geração de MDT. Já fiz um teste e ficou coerente com com os resultados de campo (comparação c altimetria obtida por estação total)

    att

    Rodrigo Ferraz
    Eng. Cartógrafo

    Responder

    1. Fala Rodrigo, tudo bem?

      Realmente nas suas últimas atualizações já é possível gerar o MDT, na época em que foi escrito este texto não era possível, inclusive no nosso curso online de processamento de imagens com o Agisoft PhotoScan nós já atualizamos com as aulas extras de geração de MDT.

      Obrigado pelo feedback já atualizei a matéria!

      Forte abraço!

      Responder

  9. Manoel, parabéns pelo artigo, muito útil para quem pretende iniciar nesse segmento.
    Gostaria de saber se esses softwares têm uma comunicação com plataformas CAD, se é possível exportar arquivos DXF ou DWG. por exemplo.
    Abraço!

    Responder

    1. Fala Elton, tudo bem?

      Sim estes softwares permitem a exportação de arquivos compatíveis com a plataforma CAD, todos os produtos gerados pelos drones você consegue importar para o CAD Civil por exemplo e é possível exportar alguns produtos em DXF sim.

      Obrigado por sua participação,

      Forte abraço!

      Responder

  10. Boa tarde Manoel
    Trabalho com Assessoria Agronômica no Paraguai.
    Um dos gargalos que tenho enfrentado é a definição de zonas de manejo nas lavouras que acompanho (para coleta solos, analises folhas, etc).
    Para tal estou pensando em investir em algum equipamento que possa me proporcionar tais ferramentas de trabalho.
    Pela sua experiência, qual equipamento poderia me atender (Drone + Software) com melhor custo beneficio.
    Abraços
    Ederson

    Responder

  11. olá Manoel Silva Neto
    cara fiquei meio perplexo com os preços dos softwares
    bem mais caros que o drone phantom 3 que comprei
    e agora? pra quem não tem recurso pra comprar o Pix4d por exemplo
    qual seria a solução pra entrar no mercado profissional?

    Responder

    1. Olá Ricardo,

      Realmente os softwares são caros devido ao mercado de atuação (Engenharia) onde os trabalhos possuem um valor agregado, a minha dica é trabalhar com a versão trial inicialmente depois partir para uma versão full, a pix4d tem planos mensais também que poderá ser contrato pontualmente de acordo com sua demanda, outra opção seria o processamento online.

      Forte abraço!

      Responder

  12. Olá Manoel!

    Ótima matéria!!
    Queria saber se posso utilizar o Pix4D, por exemplo, inserindo imagens do google earth diretamente e avaliando a área selecionada através do google earth, ou seja, fazer o processo MDS e MDT sem usar drone.

    Responder

  13. Boa tardeBoa tarde Manoel

    Muito bom o material. Gostaria de saber se o TRIMBLE UAS MASTER. Importa e processa imagens de drones da DJI como o Phanton 4 ou apenas de vantes e drones da própria trimble
    Manoel

    Responder

    1. Boa tarde Diego,

      Faz muito tempo que não trabalho com esse software, na primeira versão (que foi a que eu trabalhei) ele processava de qualquer drone, porém, não poderia ter muitas variações nas tomadas de imagens, o software deve ter sofrido diversas atualizações críticas acredito que ele deve processar sim!

      Manoel

      Responder

    1. Olá Diego,

      Testei o UAS Master na sua primeira versão, o software teve bastante atualizações, acredito que ele deve processar sim, porém, para confirmar recomendo entrar em contato com o fabricante ou representantes no Brasil.

      Obrigado pelo contato!

      Responder

  14. Excelente matéria, muito clara e objetiva, porém gostaria de saber se a licenciatura em geografia seria interessante para atuar nesta área.

    Responder

  15. Bom dia, Manoel.
    Gostaria de saber se o Pix4d Mapper Pro possui algum diferencial em relação aos demais softwares, alguma característica singular, que somente o Pix4d Mapper Pro apresenta.
    Obrigada.
    Att,
    Vanessa

    Responder

    1. Boa tarde Vanessa,

      Aqui na Droneng nós fizemos testes com o Pix4D focado em desempenho e não em recursos e isso já faz algum tempo, recomendo você procurar por algum representante que trabalhe com o software, depois você pode comparar com o Agisoft.

      Forte abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *