10 itens que todos no mercado dos drones deveriam conhecer

Tempo de leitura: 6 minutos

O mercado dos Drones é um mercado novo que cresce exponencialmente, diante disso surgem diversas dúvidas na hora de investir neste mercado ou ao contratar os serviços oferecidos por esta tecnologia, neste post eu irei abordar os principais itens que você deve se atentar para facilitar sua tomada de decisão.

Lembrando que assim como em diversas áreas existem profissionais especializados que podem lhe oferecer informações seguras e confiáveis diminuindo o risco e aumentando a eficiência da utilização desta tecnologia.

 

1. O que é um Drone?


A palavra Drone em inglês significa zangão, este nome foi atribuído aos multirotores (asas rotativas) devido ao seu baralho ser semelhante a de um zangão, este nome foi convencionado pela mídia e é o termo mais popular no mercado.

2. O que é um VANT?


Enquanto o nome Drone é um “apelido” atribuído aos multirotores o acrônimo VANT (Veículo Aéreo Não Tripulado) é o nome científico, esta terminologia abrange qualquer sistema aéreo que opere sem a presença de um piloto, lembrando que é chamado de VANT tanto os multirotores quanto os modelos de asas fixas, já o nome Drone é atribuído somente aos multirotores.

3. O que é um sistema VANT?


Ao comprar um Drone este vem acompanhado de um sistema que garante o seu funcionamento, este sistema é composto por uma aeronave (Drone), uma estação de controle e uma antena de transmissão, alguns modelos possuem um rádio controle e/ou uma catapulta.

Estação de controle: é o “cérebro” do sistema, nela será introduzido o plano de voo planejado em escritório, ela é responsável por gerenciar o voo de maneira que este ocorra como planejado.

Antena de transmissão: é a “boca” do sistema, ela é responsável pela comunicação entre a estação de controle e a aeronave, as antenas são limitadas quanto ao seu raio de alcance.

Rádio controle: é um controle remoto que permite controlar a aeronave de forma manual.

Catapulta: é responsável pela decolagem da aeronave.

 

4. Quais são os hardwares embarcados em um Drone?


O que diferencia um drone de um aeromodelo é justamente a “inteligência” embarcada, um drone é composto de uma câmera, um receptor GPS e em alguns modelos um sistema inercial (IMU).

Câmera: Responsável por capturar as imagens aéreas.

 

Receptor GPS: Responsável por gravar a posição (coordenadas) de cada imagem capturada.

 

Sistema Inercial (IMU): Responsável por gravar a posição da aeronave no instante de tomada da foto.

 

Estes componentes são integrados de forma que trabalham em conjunto.

 

5. Tipos de câmeras


A função principal de um Drone é capturar imagens ou filmagens, para isto é necessário que o sistema embarque sensores ópticos, no mercado as câmeras mais comuns são RGB, NIR e TIR.

 

Câmera RGB: São as câmeras comuns que capturam informações no espectro visível (R = Red (Vermelho), G = Green (Verde), B = Blue (Azul)), estas câmeras podem variar desde modelos mais simples até câmeras profissionais conhecidas como DSLR.

 

Câmera NIR: NIR = Near Infrared (Infravermelho Próximo), são câmeras capazes de capturar imagens na banda infravermelho próximo do espectro eletromagnético, estas câmeras são utilizadas para detectar a saúde da vegetação, nós seres humanos não somos capazes de enxergar nesta banda, já as cobras enxergam nessa banda por exemplo.

 

Câmeras TIR: TIR = Thermal InfraRed (Infravermelho Termal), são câmeras capazes de capturar o calor dos objetos, são utilizadas principalmente em cenas noturnas para identificar focos de combustão, animais silvestres, etc.

 

6. Multirotores (Drones)


São modelos de VANT que possuem asas rotativas, seu nome pode variar de acordo com a quantidade de motores / hélices.

Tricóptero: Possui três motores / hélices.

 

Quadricóptero: Possui quatro motores / hélices.

 

Hexacóptero: Possui seis motores / hélices.

 

Octóptero: Possui oito motores / hélices.
 

7. Asas fixas


São aeronaves similares a um avião, possui apenas um motor e suas asas são fixas, estes modelos plainam no ar, podem se diferenciar de acordo com suas características como pouso / decolagem, alguns modelos a decolagem é realizada manualmente, outros ela é realizada por meio de uma catapulta, já no pouso, alguns modelos pousam de barriga no solo e outros possuem paraquedas.

 

8. Manutenção


Um Drone é similar a um carro necessitando de manutenção preventiva, revisões e no caso de danos específicos necessita de um suporte técnico especializado, é importante ao comprar um sistema checar como será o fornecimento deste pós-venda para evitar problemas futuros.

9. Mercado de mídia

A utilização dos Drones é bem vasta, um dos grandes mercados que está se formando é o mercado de mídias, os Drones são utilizados para fotografias e filmagens aéreas, o que antes era realizado por helicópteros hoje pode ser realizado por um Drone, é importante saber qual é o direcionamento do seu negócio, trabalhos profissionais necessitam de sistemas profissionais, já trabalhos amadores podem ser realizados com aeronaves mais básicas e até mesmo aeronaves utilizadas para laser e diversão.


10. Mercado de Fotogrametria

Diferente do mercado de mídias este mercado necessita de um know-how específico, a Fotogrametria surgiu na França na época de 1849 a 1900, ao passar dos anos esta ciência sofreu grandes transformações ocasionadas pelo avanço tecnológico marcando suas principais fases, Fotogrametria Analógica, Fotogrametria Anlítica e Fotogrametria Digital que vivenciamos nos dias de hoje.

É um equívoco comum ouvir comparações entre Fotogrametria e Drones, enquanto a Fotogrametria é uma ciência, os Drones são apenas um método de aquisição de dados para esta ciência, o que antes era realizado com aeronaves convencionais e pilotos embarcados hoje pode ser realizado de forma autônoma com os Drones, a engenharia responsável por estudar esta ciência é conhecida como Engenharia Cartográfica e os profissionais especializados nesta ciência são os Engenheiros Cartógrafos.

É muito importante você ter em mente que existem diversos modelos de Drones e que cada um tem uma atuação específica em cada mercado, você não vai conseguir utilizar um Drone destinado a hobby para fazer mídias profissionais, assim como, você não vai conseguir utilizar um Drone destinado a mídias profissionais para fazer Fotogrametria, são mercados distintos que necessitam de aeronaves específicas.

 

A Droneng é uma empresa especializada em Mapeamento Aéreo com Drones com foco inicial no mercado de agricultura principalmente o de cana-de-açúcar, a empresa desenvolve soluções personalizadas fornecendo aos produtores, indicadores qualitativos e quantitativos que auxiliam nas tomadas de decisões estratégicas, o objetivo da empresa é melhorar as decisões estratégicas através de mapas digitais inteligentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.