Nasa trabalha na criação de controle de tráfego aéreo de drones

Tempo de leitura: 1 minuto

tráfego aéreo de drones
Amazon PrimeAir – Serviço de entrega com Drones

 

A agência espacial americana, a Nasa, trabalha na criação de um controle de tráfego aéreo de drones exclusivo, veículos aéreos não tripulados. De acordo com reportagem do jornal “New York Times”, o órgão planeja criar um sistema de gerenciamento para estas aeronaves que voam a alturas de entre 400 e 500 pés – cerca de 152 metros de altura, mais baixo do que aviões convencionais.

A base da agência está instalada na base Moffett Field, próximo do Google, na cidade de Mountain View, na Califórnia. O sistema identificaria e monitoraria esses drones, ajudando-os a desviar de outras máquinas e de prédios, além de alertar para adversidades meteorológicas que podem fazê-los cair.

Embora o sistema de tráfego aéreo de drones siga os mesmos princípios do sistema usado para aviões, ele será totalmente automatizado. O “New York Times” afirma que o controle deve ser usado a partir de 2015 em áreas menos populosas para monitorar bombas de extração de petróleo e plantações.

Empresas como Amazon e Google apostam em drones para fazer entregas à domicílio de produtos comprados pela internet. Entretanto, nos Estados Unidos, não há legislação para o uso de máquinas não tripuladas para fins comerciais. A Administração Federal de Aviação do país planeja publicar uma série de regras para o uso de drones no final do ano. O Google diz que ainda vai levar cerca de uma década para estas máquinas de entregas entrarem em operação.

Fonte: G1

Saiba mais sobre o uso dos drones na agricultura, assista nosso Webinar!

CTA blog2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *