Produtos gerados: quais são e como são utilizados?

Tempo de leitura: 5 minutos

Leia a matéria e tenha uma noção geral de como a topografia é utilizada em diversos segmentos da engenharia. Neste artigo vamos nos aprofundar um pouco mais nas fases de um projeto de mapeamento aéreo com drones e quais são os produtos gerados no final desse projeto.

Produtos gerados

Os produtos gerados estão diretamente ligados com as câmeras embarcadas nos drones.

O interessante do mapeamento aéreo com drones é que você pode utilizar diversos tipos de câmeras, diversos tipos de sensores e com isso obter diversos tipos de produtos e aplicações.

Quais são as câmeras mais utilizadas no mercado?

Primeiro, vamos começar pelas câmeras do tópico Visível, que são as que conseguimos enxergar a olho nu.

A câmera visível é a câmera RGB, colorida, que é do estilo convencional que nós temos no nosso celular por exemplo.

Com esse tipo de câmera, RGB, você consegue dados qualitativos do terreno, ou seja, é através dessas câmeras que conseguimos gerar a topografia do terreno, ou análises do tipo distância, análise de coordenadas, áreas, perímetros, etc.

RGB Sony A6000

A câmera RGB é muito utilizada na área de topografia e a topografia é utilizada em muitas vertentes da engenharia, como a construção civil, mineração, agricultura, etc.

Além disso, essa é a câmera mais utilizada do mercado.

Agora vamos conhecer outros tipos de sensores!

Temos os invisíveis, ou seja, que não conseguimos ver a olho nu. Eles são basicamente os sensores que capturam dados na faixa do infra vermelho.

Dentro desse tópico existem dois tipos de câmeras, as modificadas e a multiespectral.

Nesse aspectos dos invisíveis, os dados coletados são os qualitativos, ou seja, quando se deseja mensurar a qualidade do alvo ou do objeto de estudo. Essas câmeras são bastante utilizadas no mercado de agricultura e meio ambiente.

Mapir modificada

Fases de um projeto de mapeamento aéreo

Um projeto de mapeamento aéreo se resume em três grandes etapas:

  • Planejamento de voo: onde você vai analisar sua área de interesse e planejar a rota que o drone vai voar automaticamente em campo.
  • Voo: onde você vai montar todo o sistema e coletar as imagens ou os dados.
  • Processamento das imagens: onde você vai processar as imagens e gerar os produtos finais para posteriormente gerar soluções para o mercado de engenharia.

Tipos de sensores

Visível (RGB)

  1. Câmera colorida (convencional)
  2. Dados quantitativos
  3. Topografia do terreno
  4. Cálculo de área, perímetro, volume, etc.
  5. Planejamento de logística
  6. Cadastramento

Quais são os produtos gerados através dessa câmera?

Para começar, o principal produto gerado é o Mosaico de Ortofotos, que basicamente é uma imagem georeferenciada, no qual você consegue fazer mensurações planimétricas (2D).

Na imagem abaixo é possível perceber a diferença do nível de detalhamento entre um Mosaico de Ortofotos gerado com um GSD de 7cm e a imagem de satélite do Google Earth.

Um outro produto gerado é o Modelo Digital da Superfície, modelo tridimensional do terreno, que é gerado automaticamente no processamento de imagens, no qual você consegue fazer medições planialtimétricas (3D). Ele é usado, principalmente, para cálculo de altura e volume.

Um próximo produto é o Modelo Digital do Terreno, que também é um modelo tridimensional do terreno, onde você consegue fazer medições planialtimétricas (3D) e é usado como primitivo em projetos de engenharia (corte e aterro).

Então, qual a diferença entre o modelo digital de superfície e modelo digital do terreno?

O modelo digital de superfície compreende todos os objetos acima do solo e no modelo digital do terreno é feito uma filtragem dos objetos, interpolado os pontos e feito apenas uma superfície do terreno.

Continuando com os produtos, temos agora as Curvas de Nível que também representa o modelo tridimensional do terreno, porém em um sistema 2D. Ela tem a mesma finalidade do MDT, porém é um dado mais leve e também menos detalhado.

Outro produto bastante utilizado é o NIR, que é um câmera convertida ou multi-espectral, que faz análises qualitativas, incluindo principalmente a saúde da vegetação , cálculo da biomassa e relatórios ambientais.

Metodologia

É bom saber que mais importante do que o seu drone e o seu sensor está a metodologia que você vai utilizar.

É muito comum as pessoas acharem que o drone em si é o responsável pelo seu negócio, porém o drone é apenas uma ferramenta de captura de dados. Antes disso, você precisa saber primeiro qual o objetivo do seu negócio e qual problema você quer resolver.

Feito isso, é necessário saber como capturar os dados, processar, gerar os produtos cartográficos, interpretar esses produtos e por fim gerar soluções para o seu mercado.

Novo Curso Presencial

Temos uma super novidade para o ano de 2020, o novo Curso Presencial de Mapeamento de Estrada e Linha de Transmissão.

Para este novo curso foi criada uma metodologia específica da Droneng para este tipo de projeto, abordando aspectos relacionados ao planejamento de voo, distribuição dos pontos de apoio e processamento fotogramétrico.

Essa é uma ótima oportunidade para você se manter com qualidade neste mercado. Tenho certeza que a metodologia Droneng será muito útil para você e seu trabalho.

Para saber mais sobre isso é só clicar na imagem abaixo. Se precisar nossa equipe está disponível para te atender e tirar todas as suas dúvidas. Te espero por aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *