Como começar a trabalhar com Processamento de Imagens?

Tempo de leitura: 2 minutos

Se seu objetivo é trabalhar com Processamento de Imagens esse post pode ajudar muito. Confira as dicas e comece hoje mesmo a aprender sobre essa função!

Nem todos os profissionais que buscam atuar no mercado de drones querem abrir uma empresa ou gerenciar um departamento em uma companhia já existente. Uma função muito importante no projeto de mapeamento aéreo é o Processamento das Imagens.

Pensando em uma equipe maior, o projeto pode ser executado por, por exemplo, 3 cargos diferentes: o Engenheiro que planeja o voo e determina os objetivos do projeto, o piloto que vai até o local e executa o voo, coletando as imagens e o terceiro profissional que processa as imagens geradas de acordo com os padrões e regras exigidos. Munido de dados que se transformaram em informações, os responsáveis pelo projeto podem estudar as conclusões.

Em uma equipe enxuta, todo esse processo também pode ser executado por um só profissional, basta que ele se capacite em todos os níveis.

Falando especificamente da função de Processamento, selecionamento 4 vídeos da nossa série #DroneMinuto que falam sobre tópicos essenciais que esse profissional precisa dominar.

1 – Estação de trabalho

Também conhecida como Workstation, a Estação de Trabalho nada mais é do que computador com capacidade de processamento de cálculos e gráficos superior aos computadores que usamos no dia-a-dia. Esses equipamentos necessitam de configurações avançadas e dispõe de mais funcionalidades e performance de uso que os computadores “comuns”. Confira o primeiro vídeo:

2 – Softwares para Trabalhar com Processamento de Imagens

A função do software de processamento de imagens aéreas é gerar uma base cartográfica do terreno de interesse a partir das imagens aéreas capturadas com drones ou aviões sejam. É sobre isso que o Manoel fala no próximo vídeo:

Essa base cartográfica é composta por três principais produtos: Mosaico de OrtofotoModelo Digital de Superfície e Modelo Digital do Terreno.

3 – Padrão de Exatidão Cartográfica (PEC)

Além de cumprir com os objetivos do plano de voo, as imagens obtidas pelos drones após o processamento devem obedecer um padrão para serem aceitas. Essas regras visam manter um nível de qualidade mínimo para os produtos.

Confira o último vídeo do post sobre esse assunto:

Gostou do conteúdo? Toda segunda-feira tem vídeo novo no nosso canal do Youtube. Inscreva-se para receber notificações!

Independente da sua função no projeto, capacitação constante é essencial! Nós buscamos descomplicar seu aprendizado com cursos online que podem ser assistidos no seu tempo livre! Conheça nosso curso online de Processamento de Dados com o Agisoft PhotoScan e aprenda todo o processo detalhamente:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *