DroneDeploy: metodologia convencional e linear

Tempo de leitura: 2 minutos

Você já viu aqui em nosso blog o passo a passo de um processamento fotogramétrico de voo linear e sua importância tanto para projetos de rodovia, como em projetos de linha de transmissão. 

Nesta matéria vamos mostrar para vocês as diferenças e semelhanças dessa metodologia de planejamento, para a convencional. Vamos lá?!

1. Delimitação da área de interesse – Google Earth

O processo de delimitação da área de interesse utilizando-se o software Google Earth, é bem parecido, tirando o fato de que, para o planejamento de corredor (linear), como o próprio nome já diz, será em cima de feições lineares, ou seja, deverá ser feito o traçado do eixo desejado, diferentemente do método convencional, em que a área de interesse é delimitada por uma região mais retangular.

Delimitação da área de interesse – Convencional
Delimitação da área de interesse – Linear

2. Modo de planejamento de voo – DroneDeploy

No DroneDeploy, quando importamos a área de interesse para o método de planejamento convencional, é possível observar que, é criada uma quantidade excessiva de linhas de voo, passando por regiões que não são de interesse.

Já quando importamos o eixo da feição linear de interesse e utilizamos o método correto de planejamento (Linear Flight Plan), conseguimos observar que são criadas linhas de voo exatamente paralelas  ao eixo desejado, possibilitando assim o mapeamento apenas da região de interesse.

Linhas de voo: convencional
Linhas de voo: convencional
Linhas de voo: linear
Linhas de voo: linear

3. Produtividade

O terceiro e último ponto que vamos destacar aqui é em relação a produtividade adquirida utilizando-se a extensão e metodologia do plano de voo linear.

Ao analisarmos ambos os planos é possível observar que, ao utilizar o modo linear o tempo de voo é reduzido drasticamente em aproximadamente 75%, tendo-se em vista que o modo convencional não segue exatamente o eixo desejado, adquirindo-se assim imagens de áreas que não são de interesse, e consequentemente tendo que utilizar muito mais baterias (3 vezes a mais).

Produtividade convencional
Produtividade linear

Vale ressaltar que, para este estudo foi utilizado uma rodovia de 5,6 quilômetros, com ambos os planos contendo sobreposição longitudinal e lateral de 80% e altura de voo de 120 metros.

Para saber mais sobre o aplicativo DroneDeploy: https://blog.droneng.com.br/drone-deploy-saiba-tudo/

Semana de aulas Topografia com Drones

Já soube da semana de conteúdo que a Droneng disponibilizou? Pois é, foram 10 conteúdos sobre Topografia com Drones que você consegue acessar quando quiser.

Para qualquer dúvida é só entrar em contato, estamos à disposição.

Venha para o time de alunos Droneng! Estamos te esperando por aqui.

 

4 Comentários


  1. Nem no app e nem na página a opção linear está liberada.

    Responder

    1. Olá, Edvaldo. Tudo bem?
      Infelizmente, atualmente, a opção de voo linear no Drone Deploy está disponível apenas para as contas pagas.
      att.

      Responder

  2. na minha conta no dronedeply, a ferramento de voos lineares não está disponível. Acredito que seja apenas para contas novas.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *