Topografia com drones aplicado ao meio ambiente

Tempo de leitura: 4 minutos

Quando falamos da aplicação do uso da Topografia com Drones, é normal muitas pessoas pensarem por exemplo no cálculo de iptu, em ambiente urbano, ou então na aplicação de índices de vegetação na agricultura, porém, um setor que pode ser muito bem explorado com o uso de drones no mapeamento, é o setor do Meio Ambiente.

Pelo fato da maioria das atividades, como por exemplo, loteamento, mineração e obras civis terem um grande impacto ambiental, é necessário que todos esses processos sejam controlados e tenham um aval para funcionarem, ou seja, todos esses empreendimentos necessitam de um licenciamento ambiental.

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

O licenciamento ambiental é uma ferramenta de gestão pública que serve para certificar o controle das atividades humanas que afetam nas condições do meio ambiente. Este processo autoriza, no contexto ambiental, a realização destes tipos de  empreendimentos e atividades.

Esta ferramenta consiste em um procedimento no qual o poder público, representado por órgãos ambientais, ratifica e conduz a implantação e a operação de atividades que utilizam recursos naturais ou que sejam consideradas potencialmente poluidoras e é obrigação do empreendedor buscar o licenciamento ambiental junto ao órgão competente.

ÓRGÃO RESPONSÁVEL

O Licenciamento Ambiental opera em 3 níveis distintos:

  • Federal
  • Estadual
  • Municipal

No âmbito federal, o órgão responsável é o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), ele preza pelos empreendimentos os quais ultrapassam os limites territoriais de mais de um estado.

No âmbito estadual, existe um órgão, dentro da Secretaria do Meio Ambiente, que é responsável por essa atividade, como por exemplo a CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) e o INEA (Instituto Estadual do Ambiente) do estado do Rio de Janeiro. Entretanto, os órgãos estaduais podem delegar esta competência, em casos de atividades com impactos locais, ao município.

É importante ressaltar que, segundo Resolução CONAMA 237/97, determina-se que o licenciamento deve ser solicitado em uma única esfera de ação (federal, estadual ou municipal), entretanto, o licenciamento ambiental requer as manifestações do município, representado pelas Secretarias Municipais de Meio Ambiente.

QUAIS EMPREENDIMENTOS NECESSITAM DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL?

Segundo a Resolução CONAMA 237/97, diversos empreendimentos estão sujeitos ao licenciamento ambiental, poderá ser acessado no link abaixo e visualizado no anexo 1.

http://www2.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=237

QUAIS DOCUMENTO SÃO NECESSÁRIOS E COMO OS DRONES PODEM SER UTILIZADOS?

Dentre uma infinidade de empreendimentos que necessitam do licenciamento ambiental, existe uma gama de documentos exigidos pelos órgão competentes, podendo variar de município para município, entretanto um documento que sempre está presente é a planta topográfica do local, contendo a demarcação de diversos itens, como por exemplo das Áreas de Preservação Permanente (APP) e da vegetação nativa existente no imóvel, se houverem.

Atualmente, o modo convencional de se fazer este tipo de serviço, tem sido utilizando equipes de campo, para realizar a inspeção in loco e coletar coordenadas individualmente de cada feição de interesse, podendo gerar produtos imprecisos e abertos para interpretações.

Uma solução inteligente que muitas empresas têm utilizado, é através da utilização dos drones para o mapeamento.

Com o advento dos drones, utilizando a técnica correta para coleta dos dados, é possível gerar produtos, como o ortofotomosaico, que viabiliza obter medidas precisas e diretas, por exemplo, das áreas de preservação permanente e também as coordenadas de árvores isoladas.

Além da planta topográfica com as diversas demarcações, o levantamento topográfico com drones possibilita a obtenção das curvas de nível, que é outro item muito exigido no processo de licenciamento ambiental.

PESQUISA CIENTÍFICA

Uma outra aplicação dos drones no meio ambiente que vem crescendo bastante, são nas áreas das pesquisas científicas. Por meio do mapeamento aéreo, diversos cientistas do ramo da biologia vem utilizando os drones principalmente nas inspeções de faunas e controle dos recursos naturais.

A facilidade na utilização desta ferramenta na aquisição de dados possibilita uma análise temporal de uma região de interesse de forma muito mais precisa, além de proporcionar uma resolução espacial excelente para animais de médio e grande porte.

Atualmente, diversas pessoas já estão utilizando os drones como ferramenta de aquisição de dados por conta de todos os benefícios já citados, como a possibilidade de uma boa análise temporal, boa resolução espacial, além de ajudar muito em toda a logística para a tomada de decisões mais assertivas.

E aí, gostou dessa matéria? Deixe seu comentário aqui e nos diga o que mais você gostaria de saber sobre os drones e o meio ambiente.

Venha também participar conosco da Semana de Workshops: Drones & Meio Ambiente.

As aulas serão realizadas do dia 13 a 17 de julho, com diversas aulas sobre esse tipo de aplicação.

A inscrição é gratuita e para participar é só se inscrever clicando na imagem abaixo. Vamos lá!

1 comentário


  1. Meu nome é Marlene, moro em Congonhas, MG. na base do Quadrilátero Ferrífero. Como fiscal de meio ambiente o Curso de Drone Aplicado ao Meio Ambiente veio somar à eficácia de nossos serviços na área ambiental. Por exemplo: uma área parcelada irregularmente em chácaras foi intervida com limpeza de terreno supressão e queimada somando vários danos ambientais. o mapeamento com uso de Drone, no caso Phanton 4 Advence possibilitou identificar e separar as infrações de cada uma parcela possibilitando a sanção justa a cada proprietário . ao todo foram 21 autuados . O acesso a áreas muito grande ingrimes ou fechada é analisadas pela imagem fotos aéreas facilitando identificar a preservação ou não das apps. O monitoramento da unidade de conservação Parque da Cachoeira de Santo Antonio ficou viável para uma equipe bem pequena. Enfim, o uso do drone depois da capacitação pela dronenge foi multiplicado a favor do meio ambiente.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *